A inadimplência na locação pode gerar uma grande dor de cabeça para o locador. Conhecer algumas forma de se prevenir, tentar uma aproximação da parte devedora e, até mesmo, evitar a alta inadimplência pode ser um caminho mais rentável e mais seguro para o seu negócio envolvendo a locação.

Vamos, então, apresentar 3 conselhos na cobrança de aluguéis sem partir para o caminho judicial.

Previnir é tudo! Você, advogado(a), oriente seu cliente a fazer a correta gestão do contrato de locação.

Primeiro comece pela boa gestão do contrato. Atualização do cadastro das partes, atualização do cadastro dos fiadores e acompanhamento dos prazos do pagamento são medidas essenciais na gestão.

Em segundo lugar, quando a inadimplência surgir, é a hora de pensar na elaboração da notificação extrajudicial. E o que deve conter nesta comunicação? Fique atente aos seguintes pontos mais importantes:

  • Delimitação do montante da dívida;
  • Buscar uma aproximação formal com o devedor;
  • Gerar provas de todo o contato e do descumprimento do contrato.

Em terceiro lugar, quando funcionar a negociação estabelecida entre as partes, chega a hora de elaborar um termo de confissão de dívida seguro e que indique todos os detalhes do compromisso assumido pela parte devedora.

Quer saber mais? Venha fazer parte da primeira turma do curso “Prática na cobrança dos aluguéis”.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *